quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Fraudolentos emprestam o que não é deles

"Caiu mal no Saragoça a apresentação de Fábio Coentrão no Rio Ave. O motivo é sinmples: o esquerdino ainda é jogador do clube espanhol. O director de comunicação do clube explicou ao Maisfutebol que, no entanto, o acordo para a desvinculação do extremo será assinado amanhã.
Conforme o Maisfutebol noticiou, Fábio Coentrão deixou o Saragoça para regressar ao clube que o lançou, o Rio Ave. Para os adeptos espanhóis não foi surpresa, uma vez que «só jogou dez minutos», como referiu o director de comunicação do Saragoça, Luís Sol.
Ainda assim, o clube aragonês não gostou que o esquerdino tivesse sido anunciado como reforço do clube de Vila de Conde. «Coentrão foi apresentado quando ainda é jogador do Saragoça, não devia ter sido apresentado antes de se desvincular do clube», argumentou o mesmo dirigente.
Um dos jornais da região, o «Heraldo», afirmou que o presidente do Rio Ave, António Campos, e o agente do jogador, Carlos Rente, chegaram a acordo e pressionaram Saragoça e Benfica para que Fábio Coentrão pudesse rescindir com os espanhóis, aos quais chegou envolvido na transferência de Pablo Aimar. "

5 comentários:

Anónimo disse...

Hoje dia 18 de Novembro de 2008, faz notícia no 24h, no jornal Correio da Manhã e até nos insuspeitos O Público e Diário de Notícias a detenção de duas mulheres e 28 homens relacionados com a claque do benfica nonameboys, em português corrente – rapazes sem nome.

Os crimes inputados aos agora detidos:
Associação criminosa;
Tráfico de estupefacientes;
Posse de armas;
Agressão qualificada e permeditada;
Provocação de incêndios;
Provocação de explosões;

Tem a seguinte cronologia:

17 Fevereiro
Roubo, dano e ofensas corporais cometidas no Montijo
25 Fevereiro
Ofensas corporais qualificadas sobre adepto de outra claque
7 Abril
Incêndio provocado nas instalações de uma (claque do Sporting) no Estádio de Alvalade
12 Abril
Agressão a um jornalista nas imediações da Caixa Futebol Campus (Seixal)
21 Junho
Incêndio provocado num autocarro usado por adeptos dos SuperDragões (claque do FC Porto)
21 Junho
Agressão (com utilização de material pirotécnico) e injúrias a agentes da autoridade junto ao Estádio da Luz
21 Junho
Roubo e agressões a adeptos do FC Porto, na estação de serviço de Alcochete (ponte Vasco da Gama)
31 Agosto
Ofensas à integridade física qualificadas e danos praticados contra adeptos do FC Porto e respectivas viaturas, com recurso a uma tocha incendiária que foi lançada para o interior da viatura de uma das vítimas, tendo esta sido impedida de sair da mesma por acção de um dos suspeitos.
In O Jogo

'FUNCIONAVAM COMO UM GANG'

O intendente Dário Prates garantiu ontem, em conferência de imprensa, que o grupo dos No Name Boys (NNB) que foi detido 'funcionava como um gang'. 'As acções de violência eram muito bem organizadas, tanto que por vezes havia acções de vigilância a indivíduos para depois os atacar', referiu.

Dário Prates, comandante da Divisão de Investigação Criminal da PSP, garantiu também que 'foram feitas buscas na sede dos NNB no Estádio da Luz', apesar de o Benfica garantir que a claque não tem lá sede. A operação que começou na madrugada de domingo permitiu a apreensão de três armas de fogo, munições de vários calibres, nove réplicas de caçadeiras e de revólveres, três bestas, quatro soqueiras, cinco embalagens de gás de defesa, três armas eléctricas, quatro bastões extensíveis, seis tacos de basebol, um machado, nove tochas, cinco potes de fumo, um very-light, seis viaturas e mais de 15 mil euros em notas – dez mil dos quais na posse de um só suspeito, apurou o Correio da Manhã.

As buscas permitiram ainda apreender cerca de 11,5 kg de haxixe, 115 gr de cocaína, 70 gr de ecsatasy e 187 gr de liamba. A droga financiava o grupo, 'nomeadamente na compra de bilhetes para os jogos e no pagamento das viagens de deslocação da claque'.
In Correio da Manhã

Ora bem, com estes pressupostos pode-se concluir que afinal, esta claque benfiquista na verdade, não o era, cinjindo-se a uma mera organização criminosa.
E está descoberta a 1ª mentira: Não se trata de uma claque, é uma organização criminosa!

Organização criminosa esta, que através dos crimes descritos acima, permitia uma vida de ócio e de eterno lazer aos seus líderes e dirigentes, que poderiam desta forma financiar as suas viagens, material para a claque, e por último mas não menos importante financiamento das suas vidas pessoais.
Tendo largas centenas de filiados, não se pode confundir o todo pela parte, ou seja estes, agora detidos, viviam bem á custa dos outros todos. O que não faz do resto da claque criminosos, mas sim apenas parvos.
2ª mentira: Não são todos um bando de criminosos, alguns são só parvos!

O principal modus operandi: Seguir adeptos adversários, fazer vígilias, para de forma cobarde atacar em superioridade numérica e, como se não bastasse através do uso de armas brancas, de fogo ou engenhos pirótécnicos inflingir ferimentos graves ás suas vítimas. 15 para um? E com armas? 1 tocha para dentro de um carro, onde viajava 1 adepto adversário? Um estandarte a louvar o homícidio cometido no Jamor? Onde está a Honra? A Lealdade? O Carácter?
Encontrada a 3ª mentira: Não são, nem nunca foram herois, antes reles cobardes que faziam juz á sua própria designação – Sem Nome, e sem Honra!

A rapaziada da claque lampiã, pode não ter nome, mas é toda despachada, assim quando o anterior líder conhecido como Mário do Cacém lhes fugiu com a guita para a estranja, tiveram, como se costuma dizer no norte, de se fazer á vida e o que é que pode gerar dinheiro rapidamente e em força? Adivinharam! A nossa brava polícia descobriu agora! Apesar de um cidadão, morador em S.João do Estoril, conhecido como Tiago Lucena, conhecido no mundo da bola como Xixas, ter sido envolvido na morte de Rui Mendes, adepto do Sporting na Taça de Portugal em 1996, ter estado preso posteriormente devido ao tráfico de droga no C.Ventoso, nada disso despertou o faro da nossa polícia, que apenas nestes últimos mêses montou esta operação fair-play.
A propósito, quem ficou chocado com o ataque feito aos jornalistas e a impassibilidade das forças da ordem, para dominar uma situação que estava a decorrer, assim de repente tipo flagrante delito, esclarecemos que entre 1997 e 2008 são 11 anos.
Fica á vista a 4ª mentira: “A justiça tarda, mas não falha”. É adiada, e quando chega, falha na maior parte das vezes!

Sabendo que o nosso PMAG é advogado de um nosso consócio (pede-se um pouco mais de selectividade quer ao Clube, quer a Rogério Alves) - o presidente do benfica, também conhecido como O Kadafi dos Pneus, solicitamos que lhe dê o seguinte recado:

Nós sabemos quem foi o teu sócio Luis dos Vidros de Alverca (simpática personagem que separava os vidros na sua furgoneta, com um pó milagroso, com sucesso, até ao dia em que foi descoberto), Hum? dos esquemas na Obriverca,Hum? Lembramos-nos ainda do teu irmão, Hum? Do esquema das motas de alta cilindrada, que faziam Portugal/ espanha em menos tempo do que leva a dizer E-S-T-U-P-E-F-A-C-I-E-N-T-E-S, e daquela original rábula do camião (cheio de pneus), admitida para um directo da RTP, Hum? Hum?
Lembramos-nos ainda dos irmãos Pinto, líderes do então famigerado Buzinão da Ponte, para quem é que eles trabalhavam? Hum? Passados alguns anos porque é que foram presos? Hum?
A malta lembra-se de muita coisa, e mesmo com o clube do qual és agora presidente que com um passivo muito superior ao do Sporting compra jogadores de milhões...máquina de lavar gigante? Hum? Nááááá não pode ser possível!
Passaste por entre as pingas da chuva no meio de tudo isto, e és hoje a um dos homens mais ricos do País. Hum? E logo havia de surgir isto com a claque sem nome... posse de armas e tráfico de estupefacientes! Realmente é preciso ter azar!
Já agora Excelentíssimo PMAG passe-lhe esta mensagem com os Hum? Que é para ele poder perceber a mensagem, e não ficar com dúvidas, a gerência desta humilde establecimento agradece.

O que vale é que aquele eficiente acessor de imprensa, já veio dizer, que não existe nenhuma sede, o clube não reconhece a claque and last, but not least - “Presidente do Benfica não foi indicado na investigação!” Brilhante! É que isto tudo junto, assim de repente parece outra coisa...
Chegou a altura portanto, de destapar então, a 5ª mentira:“O Presidente do Benfica não foi indicado na investigação!”

Surreal? É apenas o futebol português, nas suas múltiplas variantes!!!

1906

Luta & Resiste!

JOEL disse...

Enfim é o pais que temos. Muito confusa a vida desse senhor e das coisas em que ele se mete. Mas a verdade é que tudo em que ele toca transforma-se em ouro "branco" ($). Nos país que temos em que esta tudo teso, com a crise cada vez a sentir se mais talvez fosse bom este senhor candidatar se a primeiro ministro de preferencia pelo B.E., de certeza que mal não faria, a assembleia já esta cheia de pó.

dustin disse...

Mais uma vez levados ao colo pelo filho da puta do Benquerença...
Ranhosos do Caralho................

Maestro disse...

ehehehehehehehehehhehe

Perdeste uma boa oportunidade de estar calado ó anti-lampião!

Criar um blog para falar mal de outro revela o quão basico tu és...


Cura-te...

Anónimo disse...

olha um antitripinha por aqui