quinta-feira, 3 de setembro de 2009

"Estoy jodido"

Perdoem os nossos leitores a brejeirice do título mas os lampiões que nos visitam não devem estranhar.

Balboa: "Não estão a pagar o meu salário"
Está encostado e na segunda-feira até foi barrado na Luz. "Estou jodido"
À segunda tentativa, Balboa atende o telefone. Está em casa, percebe-se o silêncio à sua volta, ouve-se apenas a voz e assim parece ainda mais isolado. Balboa está sozinho, sente-se abandonado pelo Benfica, o clube que o contratou há um ano por quatro milhões de euros, a pedido de Quique Flores, treinador que logo o deixou cair. "Nunca fui titular duas vezes seguidas", queixa-se. Agora, elogia a frontalidade de Jorge Jesus - "agradeci a sua clareza" - mas não percebe a razão de treinar à parte, de ser barrado à porta do Estádio da Luz quando quer ver um jogo, de estar a desvalorizar quando podia ser emprestado ao Maiorca. E também não entende por que razão não lhe pagam o ordenado.

Sim, Balboa? O mercado fechou, nenhuma transferência ou empréstimo anunciados. Qual é a sua situação?
É uma situação jodida! [a tradução já aí vem, pelo próprio]Perdão?Perguntou-me como estou no Benfica? Estou numa situação jodida, fodida! O clube não está a portar-se bem, posso entender que não gostem de mim mas pelo menos respeitem-me. Além de estar a treinar à parte estão a roubar-me outros direitos. Tenho contrato!

O clube está a falhar em que aspecto?
Não estão a pagar o meu salário. Não percebo... somos pessoas, supostamente devia haver respeito, compromissos. Tenho família, tenho pessoas que dependem de mim e não merecem ver-se envolvidas nesta situação. Eu também não mereço - não faltei a nenhum compromisso com o Benfica.

Jorge Jesus falou consigo?
Falámos na pré-temporada. Lembra-se dos dois primeiros jogos em que todos os jogadores disponíveis foram utilizados e eu não joguei um minuto? Depois disso, quando fomos para o Algarve, perguntei ao treinador se contava comigo, precisava de perceber isso. E ele disse- -me: "Balboa, sei que és bom jogador, vi--te jogar contra o Belenenses num jogo particular pelo Real Madrid, mas esta temporada vou apostar no Ruben Amorim e no Ramires. Já falei sobre isto com o Rui Costa mas ele disse-me que tinhas de fazer a pré-época. De qualquer forma estás à vontade para tratar da tua vida." Agradeci a clareza, percebi o que me esperava e comecei a procurar equipa.

O que falhou?
Penso que o Rui Costa podia ter facilitado a situação. Tive oportunidade de sair para o Maiorca! Agora o mercado fechou e o que faço? Fico nesta situação até Dezembro? Sem jogar, a treinar à parte, em Dezembro serei um futebolista ainda mais desvalorizado. Se fosse emprestado, se estivesse a jogar, o meu valor iria subir. Depois vieram as mentiras.

Mentiras?
Que eu não queria sair para Espanha! Como é que eu podia não querer? Tinha mais alguma proposta?Maiorca e Santander, para onde foi o Sepsi. O Maiorca foi a melhor oportunidade mas nada se resolveu. Entretanto vieram mais histórias... Na segunda-feira fui ao Estádio da Luz para ver o jogo com Vitória de Setúbal e fui barrado pelos seguranças. Não me deixaram entrar! Tive de telefonar ao Rui Costa e ele, ao telefone, deu-lhes ordens contrárias. É claro que não foram eles a inventar aquela decisão.

Então o Rui Costa parece compreender a sua situação.
Mas não sei se fez tudo. Quando tem um plantel grande é natural que tenha de colocar jogadores, é natural que os faça jogar noutro lado para que se valorizem. Claro que o Maiorca não podia pagar o meu salário por inteiro, mas é preferível eu ficar parado? Por isso estou fodido... Tinha uma imagem boa em Espanha e de repente passo a ser o reforço dos quatro milhões que não joga nada. Isto quando. na verdade, não tive oportunidades. Estive para sair em Dezembro mas o Rui Costa disse-me que o Quique Flores não queria, que eu iria jogar mais. Foi o que se viu. E agora ninguém facilita, ninguém fala comigo.

Mas não foi o Quique Flores que pediu a sua contratação?
Foi, eu estava de férias e ele telefonou- -me a dizer que me queria no Benfica. Disse-lhe "sim, vou". Tinha sido treinado por ele nos juvenis do Real Madrid, como dizer não? Com o Quique não tive qualquer mal-estar mesmo quando, a partir de determinada altura, toda a gente jogava no meu lugar. Menos eu. Jogavam Aimar, Reyes, Amorim, até Felipe Bastos, todos menos eu.

Vimos o verdadeiro Balboa?
Como podia jogar quanto entrava apenas cinco minutos? Ninguém consegue! O Javi García e o Saviola também vieram do Real Madrid, têm qualidade, mas jogam sempre. Eu não fiz dois jogos seguidos como titular! E quando fui titular o treinador tirou-me aos 33 minutos num jogo em que estávamos a ganhar 1-0!

O Benfica está a forçar a ruptura?
O que acha? Se o plantel principal treina às 10 horas, eu tenho de lá estar com o Jorge [Ribeiro] às 8h30. Isto é normal? Percebo o que querem mas eu não vou falhar, sou um profissional, vou treinar todos os dias. Não têm nada a dizer de mim, nunca me viram em festas ou na noite, não criei problemas a ninguém. Ficar à parte? Tenho contrato e não me posso calar agora que o mercado encerrou e nada foi resolvido... Vou aguentar, vou treinar... muitos jogadores saíram daqui e triunfaram. Tenho 24 anos e também vou conseguir.
"

problemas de tesouraria no mês em que deverão pagar à Euroárea ?

8 comentários:

JL_72 disse...

lá está a agremiação nojenta envolvida em trafulhices

John Aarson disse...

E assim se estragam os jogadores com futuro que vêm para o SLB. Aquilo é um poço sem fundo.

Btw, parabéns. Este é o melhor post que li neste blog até agora. muito bom!

Anónimo disse...

64 contra 65 títulos! A mouraria vai deixar de se servir do argumento estafado, "temos mais títulos…", que sempre nos atiram para, sem modo, contrariar uma evidência: a carreira de sucesso de um clube admirado em todo o mundo e considerado um dos melhores do planeta.

Mas, se virmos bem as coisas, já há algum tempo que os tristes "infiéis mouros" nem sequer essa nos podem atirar. É que, contabilizando os títulos de Juniores (A, B, C e D), o FC Porto está à frente com 116 títulos, contra 110 do Benfica e 82 do Sporting! E esta, hem? Será que os "milhafres" querem subverter a realidade dos números contando os torneios Guadiana e taças caseiras (versus "Eusébio Cup")? Capazes disso são eles, infelizes e sem pudor.

As gloriosas conquistas do FC Porto enchem de orgulho os seus adeptos. Mas aos Portistas interessa, sobretudo, o futuro. O futuro é de trabalho, empenho e vitórias. A "Vencer desde 1893", o FC Porto será sempre o líder do "ranking", será sempre o melhor.

Ranking dos Clubes Portugueses:
O vaidoso, arrogante e ignorante Rui Santos, que reveja os números e aprenda. Se fosse um profissional digno desse nome, não dizia as asneiradas que todo o país escutou há bem pouco tempo. E esqueça a… Taça Latina (competição esporádica e sem continuidade que o "benfas" ganhou uma vez) que com tanto "brio" salientou na sua patética comunicação.

condor disse...

Os clubes caloteiros que não pagam os ordenados aos trabalhadores não deviam descer de divisão?

Petição disse...

POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:
http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

anti-corruptos disse...

se for uma petição para eliminar o futebol corrupção e putedo da terra assino já e duas vezes!

Anónimo disse...

se estão tão preocupados porque é que voçês, os corruptos, e os submissos esverdeados não fazem uma vaquinha para pagar ao balboa, coitadinho ?!?! ...

Caetano disse...

Mas o Balboa não foi aquela estrela galáctica que o Benfica "roubou" ao FCPorto?? :D