sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Olarápio Benquerença (1)


Uma dos jogos mais vergonhosos desta temporada, com o beneficiado do costume.

1) Golo limpo anulado ao Nacional da Madeira


2) Agressão selvagem de Luisão que passa incólume

8 comentários:

Tasqueiro Emigrante disse...

Penso que não há mais nada a dizer porque estas imagens mostram tudo...

Gostava de ver instaurados processos a estes jogadores pela VERDADE DESPORTIVA que o Senhor Vieira pede.

RFM disse...

O Olarápio cometeu crime agravado porque mostrou amarelo. VIU.
Se fosse um jogador do SCP levava 3-vermelhos e de cara feia

GATUNOS. MAFIOSOS. É isto a verdade desportiva que defendem..canalhas.

Anónimo disse...

Realmente foi um jogo com uma arbitragem miserável que beneficiou de forma indecorosa o slb! Foi mais uma vez vergonhoso!!!!!! Ele é o Proença, o Lucilio, o Olegário é tudo a empurrar o vermelho!!! Irra!!! Já cheira mal! Para quando um penalti e respectiva expulsão ao David Luis??? É uma impunidade total! Faço uma pequena ideia do gozo que o próprio David Luis terá quando em privado fala sobre todos aqueles lances...!!!??? É anedótico!!!

Anónimo disse...

Falta nessas imagens o penalti e respectiva expulsão, uma vez mais, escamoteados ao Nacional por falta EVIDENTE do David Luis, "o impune"!!!

Anónimo disse...

só se perderam as que caíram no chão!!! vinham armados em em Chico espertos a Jorge costa mas foderam-se... E esse quando forem a luz podem preparar o focinho também!!

Photografer disse...

Continuem a ladrar cães que a caravana passa!

antitripeiros disse...

Eheheheheheh
Sois mesmo uns carneiros mal mortos, tipo pedroto.
A inveja é feia cães.

www.oantitripa.blogspot.com

Anónimo disse...

Contudo, se Olegário tivesse cumprido as leis em termos disciplinares, as maiores implicações seriam no campeonato. Como é sabido, Sidnei e David Luiz não estão disponíveis para a deslocação a Vila do Conde. Sidnei está a recuperar de uma lesão muscular, que o mantém afastado dos relvados há várias semanas e David Luiz, apesar da enorme impunidade de que tem gozado, viu o 5º amarelo no jogo com o FC Porto. Se também Luisão não pudesse jogar, a dupla de centrais encarnados no estádio dos Arcos teria de ser constituída por Miguel Vítor (que está sem ritmo de jogo) e por Roderick (ex-junior) ou Javi Garcia (adaptando um outro jogador ao lugar de trinco).
Estão a ver as implicações da (não)expulsão do Luisão?

Saliento que perante a agressão de Luisão, Olegário tinha três hipóteses: i) mandar seguir o jogo; ii) expulsar o central benfiquista; iii) mostrar o cartão amarelo. Já agora, porque razão optou pela terceira hipótese em vez de mandar seguir o jogo? Poderia alegar não ter visto, o que salvaguardaria a sua reputação. A resposta só ele poderá dar, mas se o árbitro dissesse que não viu o lance a situação enquadrava-se nos critérios de um processo sumaríssimo e nem com toda a ginástica do Mundo o dr. Ricardo Costa poderia salvar o central benfiquista. Percebem?

Mas em termos disciplinares há mais, muito mais. Em apenas três minutos, entre os 29 e os 31 minutos, Javi Garcia e Maxi Pereira também beneficiaram da benquerença do Olegário, senão tinham ido tomar banho mais cedo. Até que chegamos aos 70 minutos do SLB x Nacional, momento em que David Luiz derrubou dentro da área Rodrigo Silva. É indiscutivelmente lance para penálti (recordo que o resultado ainda estava 0-0) e também de expulsão, porque o avançado madeirense estava isolado. Benquerença mandou jogar, mas se tivesse puxado do cartão vermelho, então David Luiz iria ficar de fora no jogo seguinte ao do Rio Ave. Ou seja, se não fossem os vários números de circo protagonizados por Olegário (que grande ilusionista!), o SLB não iria poder utilizar quer Luisão, quer David Luiz pelo menos nos dois próximos jogos, ambos fora de casa (Rio Ave e Marítimo). E no caso do Luisão já estou a pressupor a benevolência do dr. Ricardo Costa, porque em Espanha Pepe apanhou um castigo de 10 jogos.