sábado, 22 de setembro de 2007

Ministério Público travou PJ no caso Mantorras

Atente-se bem na gravidade da notícia publicada pelo JN na sua edição de ontem:

"Ministério Público travou PJ no caso Mantorras

Jorge Manuel Mendes era beneficiário de conta nas ilhas Caimão.
A Polícia Judiciária (PJ) queria prosseguir a investigação do designado caso Mantorras, em que eram visados o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e os empresários Jorge Manuel Mendes e Paulo Barbosa, mas o Ministério Público de Lisboa optou por arquivar o caso sem atender a uma proposta de quebra de sigilo bancário de duas contas sedeadas em paraísos fiscais. Em causa estava a averiguação da identidade dos verdadeiros beneficiários de cerca de 750 mil euros provenientes da venda, ao Alverca, de 50% do passe do futebolista que ainda eram propriedade da empresa de Jorge Manuel Mendes. Esta foi uma das divergências implícitas entre a PJ e o Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) do MP de Lisboa, liderado pela procuradora Maria José Morgado. Outra foi a circunstância de, no despacho final do processo, datado de 6 de Setembro, o MP apenas ter apreciado o eventual crime de participação económica em negócio enquanto a PJ catalogou a investigação em redor também do ilícito de peculato e eventual fraude fiscal. De acordo com informações recolhidas pelo JN, a PJ estava a averiguar todos os fluxos financeiros decorrentes dos direitos sobre o passe do jogador angolano - sobre o qual, recorde-se, houve a suspeita de que Vieira se teria apropriado de parte das verbas, por ter sido dono de 60% do passe e ter tido intervenção no negócio enquanto líder do Alverca e gestor do Benfica - e deparou-se com uma declaração falsa por parte de Jorge Manuel Mendes, que seria descoberta após o levantamento do sigilo bancário de uma conta das ilhas Caimão da "off-shore" "Almond". Conta descoberta Por 50% do passe de Mantorras, este empresário recebeu 1,6 milhões de euros e desse dinheiro transferiu 750 mil euros para a referida Almond. De seguida, fez constar na contabilidade da PGD, a sua empresa portuguesa localizada em Coimbra, que essa verba seria para pagar a um empresário do Paraguai de nome Francisco Ocampo, com vista à aquisição de parte dos direitos de dois jogadores paraguaios. Acontece que, depois destas declarações de Mendes no processo, o sigilo bancário da conta da Almond nas ilhas Caimão foi levantado e a PJ descobriu que os titulares da conta eram o próprio empresário e a mulher e não qualquer emissário do Paraguai. Confrontado pela PJ com esta descoberta da investigação, Jorge Manuel Mendes remeteu-se ao silêncio. Dinheiro repartidoNo mesmo procedimento de quebra de sigilo, os investigadores detectaram que os 750 mil euros foram desdobrados em duas tranches de 324 mil euros que seriam transferidas para contas de duas outras sociedades de paraísos fiscais a Minshall Management Inc. e a Hervey Management Ltd. As contas destas duas entidades estavam sedeadas em Caimão e na Zona Franca da Madeira. Razão pela qual a PJ sugeriu nova quebra de sigilo, a fim de conhecer os verdadeiros beneficiários do dinheiro e eventualmente confirmar se seriam Jorge Manuel Mendes e um sócio, que entretanto foi viver para o Brasil e nunca foi encontrado pela investigação. Só que o MP acabou por ignorar esta proposta e optou por arquivar o caso. Conforme o JN ontem noticiou, um dos principais argumentos foi o facto de não terem sido encontrados sinais de fluxos financeiros indiciadores de que Vieira possa ter ganho dinheiro ilicitamente com os negócios de Mantorras. Isto apesar de DIAP de Lisboa ter classificado como sem qualquer credibilidade a versão de Vieira no que toca à data de um contrato de cedência, ao Alverca, de 60% dos direitos sobre o passe de Mantorras de que era detentor em nome pessoal. "


Amigos, este é mais um bom exemplo que sustenta as afirmações produzidas no dossier "Apito vermelho", veja-se como exemplo:
"A nossa desilusão inicia-se com a análise que efectuámos aos processos ainda sem a intervenção da equipa “milagrosa” e continua com as práticas infames e desprezíveis cometidas por alguns elementos desta equipa. Todo o trabalho foi efectuado com alvos previamente definidos, tendo sido para tal, cometidas inúmeras ilegalidades e efectuados actos processuais, no mínimo, de validade duvidosa. Actos iguais cometidos por pessoas diferentes tiveram decisões diferenciadas, o que revela que a equipa do Dr. Carlos Teixeira protegeu nitidamente algumas pessoas. Analisando quem foi protegido verifica-se que estamos perante a rede de influências das pessoas que prestaram serviços e vassalagem ao S. L. Benfica e ao seu presidente Luís Vieira."

21 comentários:

Anónimo disse...

uma vergonha.
é triste saber como meia duzia de individuos controla o MP de Lisboa

silvino martins disse...

Parabéns, ainda bem que existem pessoas como tu para ir falando da pouca vergonha que é a máfia do orelhas, mas ainda tenho esperança que um dia isto mude, entretanto vamos mostrando dentro das quatro linhas quem é o melhor em Portugal.

Anónimo disse...

Nuno Miguel MAIA??? LOL

Quanto é que lhe pagam para falar sempre das mesmas coisas? Será que é o mesmo que à Felicia Cabrita?

E sobre o João Coimbra já não falas? E sobre o Campomaiorense-Alverca que nunca existiu?

Falam tanto do Vieira... e não dizem nada sobre o PINTO DA BOSTA ser ACUSADO!!! LOL Que palhaços!

Anónimo disse...

sobre o Ministério Público e o caso Mantorras gostava apenas de lembar quem neste momento manda no MP.... é o Benfica e o seu presidente através do seu advogado Joao Correia que é nada mais nada menos um dos vogais do Conselho Superior do Ministério Público. Percebem porque o Luis Filipe Vieria sabe sempre muito sobre processos e se sente tranquilo sobre certos assuntos... tirem as vossas conclusoes

Anónimo disse...

E se fores levar no pacote o Lagarto de merda!

JL72 disse...

estes lampiões são mesmo muito burros

Anónimo disse...

não tarda nada levas nessa grande bilha.

LIEDSHOW !!!

Anónimo disse...

Atenção à segunda noticia na mesma página (JN 21/09/2007)referente ao mesmo clube.

Anónimo disse...

a morgadita passou o fim de semana na ericeira a apanhar banhos de sol

off

Anónimo disse...

LOL...

e o advogado de Pinto da Costa que controla MP, PJ e outros pelo Porto e que paga a este rapazito para escrever artigos sobre os seus clientes.

Clientes como Pinto da Costa, Nuno Cardoso ou Ferreira Torres.

Anónimo disse...

Não era o paspalho deste blog que falava do caso JOÃO COIMBRA?

Agora o papagaio deixou de falar... correu-lhe mal a coisa!

LOL quando se é burro.... é burro mesmo, LOL.

JL72 disse...

Estes lampiões tem uns fetiches estranhos ! este é pelo joao coimbra :)

da noticia esse corrupto não fala

Anónimo disse...

que saudades de salazar !!
na altura ninguém podia falar mal dos rosinhas

O Benfica comunicou na sexta-feira à SIC que não vai continuar com as conversações no sentido de fazer uma parceria no desenvolvimento de conteúdos para o canal de televisão do Benfica.

Domingos Soares de Oliveira, administrador-executivo da SAD encarnada, afirmou ao Jornal de Negócios que esta decisão se deve à preferência do clube em trabalhar com um produtor independente do que com um grupo de media. A SIC também foi contactada, mas preferiu não se pronunciar. No entanto, fonte da empresa confirmou a recepção da notificação do Benfica.

O JdN apurou, no entanto, que esta decisão da direcção encarnada se prende com um conteúdo editorial presente no jornal "Expresso", do grupo Impresa, tal como a SIC, publicado no dia 25 de Agosto. Nessa edição, na secção "sobe e desce", onde são comentadas as prestações de pessoas em destaque na semana, Luís Filipe Vieira foi criticado por medidas que tinha tomado na gestão da equipa de futebol.

Anónimo disse...

muito bom :)

Primeiro capítulo do épico ‘Trilogia do ódio’, dedicado ao Senhor Scolari.

Caro Zequinha

Não está certo isto que te andam a fazer, rapaz.

Desde que aquilo lá no Canadá começou a correr para o torto, parece que te pegaram de ponta. Está certo que aquela história de pegar no cartão do árbitro foi um bocado burrice, pois toda a gente sabe que os árbitros ficam arreliados quando se mexe nas coisas deles, mas também não me parece que fosse caso para tanto até porque devolveste logo o cartão ao senhor.

Quase que dá a sensação, ó Zequinha, que te pegaram de esguelha e andam deliberadamente a atentar contra o teu futuro, o de uma jovem promessa do futebol português com tanto para dar ao seu País.

E depois vem um brasileiro qualquer, com idade para ser teu avô e agride selvaticamente um adversário, um acto muito mais grave que o teu. Tu admitiste o erro; o brasileiro diz que não bateu em ninguém. Tu pediste desculpas; o brasileiro fingiu que pediu. A ti ninguém defendeu; o brasileiro teve a Federação a apoiá-lo perante a UEFA, para que a sanção não fosse tão alta. A FIFA deu-te 6 jogos de suspensão; ele só apanha 4. É isto justiça, ó Zequinha? Ãh?

Penso, na minha modesta opinião, que tens que fazer qualquer coisa em nome da tua dignidade e da tua honra. E em nome do teu País: Então o gajo anda-me aqui a chular os portugueses, a fazer jogos miseráveis, a aldrabar tudo e todos e a insultar descaradamente a inteleigência de toda a gente e não lhe acontece nada; depois bate num gajo e ainda apanha menos jogos que tu, pá?

Por isso, acho que, como pessoa inteligente e civilizada que pareces ser, ninguém melhor para ostentar a bandeira da revolta de uma Nação, procurar o Sr. Scolari e pregares-lhe um par de socos na boca até lhe partires aqueles dentes todos. Também lhe podes afiambrar umas biqueiradas no escroto e arrochar-lhe uns carolos na careca, que será sempre pouco.

O homem tem que aprender que, no futebol português, ainda há gente capaz de fazer justiça. E não existe castigo mais compensativo que uma bela carga de porrada. No final, tu ficarias com os teus 6 jogos e ele apanha 4, um enxerto de criar bicho e ainda com a hipótese de ser despedido, se a Federação tiver tomates. Aí já ficamos todos mais satisfeitos…

Se precisares de ajuda podemos tentar falar com o Sá Pinto que tem um currículo de respeito nestes assuntos e pode dar umas dicas importante. Podemos também dar um toque ao pessoal da Bela Vista, que eles estão sempre prontos para ajudar a malta de Setubal. E se o Madaíl não meter o Scolari no olho da rua, eles também o incluem no pacote.

Pensa lá nisso que já é tempo de alguém ser homem e tratar destes assuntos como deve ser. Só podes ser tu, ó Zequinha. Tens um país inteiro a contar contigo. Aquele abraço.

Anónimo disse...

e que tal um post a recordar quando o luisão fez falta sobre o Ricardo e em que perdemos o título

Anónimo disse...

Bem diz o Saramago. No Ministério Público, na PJ e na Justiça, não são espanhóis mas terroristas magrebinos que a dominam.

edmundo disse...

Grande comentario, muito bom, saudações Portistas.

Anónimo disse...

Grande Fátima!!! LOL

E não falas mais do João Coimbra???

Anónimo disse...

Agora é fetiche??? LOL...

Há 3 semanas era um escandalo... agora passou e já não falam! LOL

BURRROOOSSSS LOLOLOLOL

Agora metam uma estatua da santa pelo rabo acima!!! LOLOLOL

Morgado disse...

Assinem
http://www.petitiononline.com/morgado/petition.html

JL72 disse...

então ninguém fala do penalty fantasma na Reboleira ?