quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Crise no galinheiro II

"O Benfica deve cerca de 500 mil euros à Câmara Municipal do Seixal pelo fornecimento de água para o Centro de Estágio do clube, entretanto baptizado de Caixa Futebol Campus. Contactada pelo JN, a Câmara não assume o valor em dívida e o Benfica, também questionado, afirma desconhecer o assunto. No entanto, o JN sabe que a dívida foi discutida na última sessão pública da autarquia, na passada quarta-feira, quando um dos vereadores do Partido Socialista interpelou o presidente da edilidade acerca da existência da mesma e do respectivo montante. O autarca não confirmou o valor e referiu que "não existe dívida porque não existe uma execução fiscal", disse, ao JN, o vereador socialista Samuel Cruz. "A questão da dívida foi levantada na sessão pública pela vereação do PS e, à altura, o presidente não a negou, limitando-se a não confirmar o valor e referindo que estava a ser negociada", explicou Samuel Cruz. O mesmo vereador reafirma que "o facto de não haver uma execução fiscal não invalida a existência de recibos que não foram regularizados", explicou. Ontem, contactada pelo JN, a câmara respondeu que não confirma o valor da dívida de 500 mil euros. Igualmente questionado, o Benfica, através de Mário Dias, responsável do clube pelo património, afirmou desconhecer o assunto."
in JN

3 comentários:

Anónimo disse...

Reguem a relva com água do Tejo, que já está tratada com aditivos. Agora gastam água da rede pública que a Câmara teve de pagar e agora querem-na à borla. Cambada de chulos.

Anónimo disse...

já se atacam uns aos outros
O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, reagiu hoje, no Seixal, as críticas de Tinoco Faria, considerando que "não existe trabalho dele no Benfica".

"Como benfiquista pode ser grande, mas no plenário dos órgãos sociais foi-lhe dito o que havia para dizer. Não se deve tornar público e só o faremos se formos obrigados", afirmou o presidente após uma visita dos órgãos sociais ao Centro de Estágio do Seixal.

Tinoco Faria, vice-presidente da Assembleia Geral, criticou hoje, em declarações à Antena 1, a saída do presidente do Conselho Jurídico do Benfica, Andrade e Sousa, e lamentou a "saída dos benfiquistas do clube".

Henrique disse...

Mais um roubo, neste Sábado...!!!! Puta que os pariu!!!!